Tudo sobre depilação feminina

É difícil que nenhuma mulher nunca se irritou, quando estava com pressa colocou uma saia, é só bater o olho na perna e lembrar que se esqueceu de tirar aqueles pelinhos indesejáveis.

A grande maioria das mulheres tem desejo em ter uma pele lisinha, sem pelo, a vida é assim para quem escolheu se depilar, não é mesmo?

Quase sempre, é preciso fazer depilação com lâmina ou aos cuidados de uma  depiladora profissional para ficar com a perna, as axilas, o buço e a virilha sempre em dia.

A história da depilação íntima feminina, vem de muitos anos atrás os primeiros métodos de remoção de pelos foi criado no Egito e na Grécia Antiga.

As mulheres daquele época usavam argila, sândalo e mel para retirar os pelos

Durante a Idade Média, qualquer remoção de pelos foi totalmente proibida, e quem ousasse em arrancar poderia até mesmo ser acusado de bruxaria ou algo pecaminoso e pagar com a própria vida a vaidade.

Aqui em Depila vamos te contar tudo que você precisa saber, os cuidados que deve tomar para fazer uma depilação impecável e ter uma pele lisinha por muito mais tempo.

O que é depilação?

A depilação é extração intencional de pelos de varias regiões do corpo, podendo ser de uma forma definitiva ou temporária, é praticada principalmente pelas mulheres, por motivos de higiene, limpeza ou estético.

As regiões mais comuns são as axilas, buço, sobrancelhas, virilha e pernas.

Com quantos anos posso fazer primeira depilação?

A depilação na adolescência é um tanto quanto polêmica, pois, entrando na puberdade, os pelos em excesso são inevitáveis, pode causar um incomodo muito grande.

A especialista da Depila indica que a primeira depilação ocorra depois do início da puberdade, geralmente ocorre aos 10 anos à 12 anos de idade.

Quais são os tipos de depilação?

A verdade é que existem vários tipos de depilação, e cada tipo atende a diferentes preferências e necessidades.

Para você escolher o melhor método, é preciso entender como cada um deles funciona e encontrar aquele que atenda a sua necessidade.

Veja abaixo os principais tipos de depilação, e como cada um deles funcionam.

Quer aprender como remover os seus pelos de forma saudável, sem agredir a sua pele? Então continue acompanhando este post!

Depilação com cera

É método que consiste em arrancar os pelos desde a raiz, sendo que precisa estar com pelo menos 3 mm de comprimento mas o tamanho ideal é de 6 mm.

A vantagem da depilação a cera que deixa a pele mais lisa, elemina células mortas da pele, os pelos passam a crescer mais fino e pode ser usado em todo o corpo.

Existem diversos tipos de ceras, com aromas e cores diferentes e cada uma é indicada para um tipo de pele e obter um resultado esperado.

O que diferencia é o tipo depilação a cera, se ela é cera quente ou cera fria.

A distinção entre ambas é óbvia, pois os tipos de ceras são feitas com substâncias semelhantes, mas são usadas para métodos diferentes.

E é exatamente por isso que vamos falar tudo sobre a depilação com cera quente e fria neste texto. Desde o que é de fato a técnica, o passo a passo até mesmo os cuidados que se deve ter ao fazer a depilação com cera.

Vamos agora para o próximo tópico.

Depilação com cera quente

A depilação com cera quente é o método mais comum e um dos mais usados entre os salões. A cera é aquecida a uma temperatura em aproximadamente de 38 a 40°C em um aparelho próprio para aquecer a cera.

Esta pode ser usada em qualquer parte do corpo. É menos dolorida, o processo costuma ser mais rápido pois a alta temperatura acaba ajudando na sensibilidade, fazendo uma vasodilatação e abertura dos poros e dura de 20 a 25 dias.

Deve ser evitada por pessoas com pele muito sensível.

12 cuidados antes e depois da depilação com cera quente

Nada explica a sensação de uma pele lisa e sem pelos, simplesmente plena. A depilação com cera é um método rápido e eficaz na remoção dos pelos. Mas será que você sabe os devidos cuidados pré e pós depilação?

Descubra os cuidados que deve ter antes e depois da depilação com cera:

  1. Não passe hidratantes ou óleos nas próximas 24 horas antes ou após a depilação. Isso evita a obstrução dos poros abertos e impede o encravamento dos novos pelos;
  2. Evite desodorantes, até mesmo aqueles que dizem não conter álcool, eles tem um teor baixo e isso pode irritar ou até mesmo causar manchas nas axilas;
  3. Após a depilação, passe um gel de efeito calmante (com camomila ou aloe vera, por exemplo), ajuda proteger a pele dos fungos e bactérias que podem penetrar nos poros que se abrem;
  4.  Jamais use ácidos (cremes anti-rugas, contra espinhas e produtos de qualquer outro tipo) na pele a ser depilada, para evitar manchas no contato com a cera quente;
  5. Não fique no sol 24 horas antes e depois da depilação.
  6. Use e abuse de cremes hidratantes e esfoliação após 48 horas;
  7. Beba muita água, hidrate a pele regularmente e use esfoliante uma vez por semana para evitar que os pelos se encravem;
  8. Quando os pelos começarem  a crescer, é normal haver coceira. Mas nada de usar as unhas: passe pedra-pome, bucha vegetal, creme ou esfoliante na região;
  9. Pele machucada, com rachaduras, manchas ou assaduras, evite a depilação. A cera pode aumentar os ferimentos e os riscos de inflamação será grande.
  10. Pelos descoloridos são mais frágeis e estão propensos a quebrar durante a depilação.
    Se a pele estiver sendo tratada com ácido, é preciso suspender por, no mínimo, sete dias antes antes de se depilar.
  11. Evite o uso de roupas apertadas ou tecidos pesados, como jeans, após a depilação. Quanto mais leve e confortável for a roupa, mais rápido os poros irão se fechar e evita-se que a pele fique irritada, manchada ou que crie fungos.
  12. Para afastar o tão conhecido problema da foliculite, indicamos o uso de esfoliantes quando os pelos começarem a crescer, evitando que eles encravem.

Pele mais sensíveis requer mais cuidados especiais e precisa ser analisada por um profissional antes da depilação. O importante é que tudo seja feito com cuidado, higiene e segurança para garantir uma pré e pós segura.

Dicas sobre depilação com cera

No momento que for escolher o tipo de cera para a depilação é extremamente importante considerar que:

  • A cera quente conta com a ajuda do calor para dilatar os poros e, consequentemente, facilitar a remoção dos pelos;
  • O processo de remoção é agressivo e pode causar o escurecimento da pele como resposta do corpo;
  • Se a cera estiver com a temperatura elevada demais, pode acabar queimando a região;
  • Se você tiver pele negra, a hipercromia, que é essa produção maior de melanina, pode acontecer com ainda mais facilidade.

Depilação com cera fria

Depilação com cera fria é sem dúvida a melhor opção caso você não tenha tanto tempo ou dinheiro para ir em clínicas de estética ou salão de beleza.

É recomendado para pessoas que têm sensibilidade ao calor e para quem tem varizes, o calor acaba prejudicando as varizes e pode causar complicações futuras.

Jamais utilize a cera fria no rosto.

Dica sobre depilação com cera fria

Para ajudar a sua decisão de qual cera usar na depilação é importante ressaltar que a cera fria tem suas particularidades. Veja quais são:

  • A cera fria é mais indicada para o uso caseiro, pois a sua aplicação é mais simples do que a cera quente. Portanto, ela não precisa de uma temperatura correta para sua aplicação;
  • Apesar de não estimular o escurecimento da pele, pode deixar a cútis mais ressecada e fazer com que o processo mais dolorido;
  • Os pelos encravados podem aparecer, pois ela não estimula vasodilatação dos poros.

Esses são apenas alguns pontos muito importante que você deve considerar na hora de tomar uma decisão de escolher a cera para depilação.

Depilação com cera fria dói?

Antes de aprender como se depilar com cera fria, você tem que estar ciente que cera fria dói muito, e se não for aplicada corretamente pode quebrar os pelos.

São poucas pessoas que tem coragem de encarrar, ou as vezes não tem outra alternativa, e acabam optando pela cera fria.

Mas fique tranquila, hoje em dia você encontra cera anestésica para depilar, na fórmula já vem com medicamento anestésico, como lidocaína e a prilocaína, ela não ameniza toda a dor, mas sim… será menos desagradável.

Agora se você quer uma depilação menos dolorida, existe no mercado o método depilação espanhola, pode reduzir drasticamente a dor.

Depilação com cera fria como fazer

Depilação a com cera fria é muito mais simples, fácil e rápido do que você imagina!

O primeiro passo é retirar uma quantidade generosa de cera com uma espátula e colocar no plástico que você vai utilizar para se depilar.

Espalhe um pouco, pode usar um outro plástico e coloque um sobre o outro, com ajuda de uma régua ou palma da mão, comece espalhar bem a cera, entre as laterais do plástico, até ficar uma camada pequena.

Seguida coloque em cima da região onde os pelos serão arrancados, sempre coloque no sentido que cresce o pelo.

Não precisa esperar quase nada para arrancar, ok?

Puxe no sentido contrário do pelo, o mais próximo da pele, jamais puxe pra cima… assim não corre risco de quebrar e terá um resultado mais duradouro.

O que passar depois da depilação com cera fria

Você percebeu que depois da depilação a pele fica mais sensível? Isso acontece porque a remoção de pelos, independente da forma utilizada, deixa a pele mais frágil.

Veja abaixo o que passar na pele depois da depilação com cera fria:

  • Compressas geladas: O gelo ajuda a anestesiar, reduzindo a dor que você pode sentir após a depilação, além de diminuir o inchado da área depilada.
  • Esfolie a pele: Essa dica também deve ser usada depois 48 horas da depilação, esfoliar a pele irá evitar que os pelos que estão crescendo fiquem encravados.
  • Camomila: A camomila é um calmante 100% natural, além de possuir ação anti-inflamatória. Você pode fazer compressas frias do chá ajuda a diminuir a vermelhidão na região que fica após a depilação.
  • Evite banhos quentes: A água quente tem a tendência de irritar a pele. Por isso, é importante não abusar da temperatura alta nos banhos logo após a depilação, pois a pele estará irritada do procedimento e a água quente apenas aumentará a sua fragilidade.

Confira agora os benefícios, como fazer uma cera caseira com passo a passo e cuidados pré depilatório.

Como fazer cera caseiro para depilar

Realizar depilação em casa é uma excelente alternativa para quem não conseguem ir em clínicas de estéticas ou salão de beleza.

Já que pode ser feita em qualquer momento do decorrer do dia, além de ter um custo baixo, caso seja feito em excesso pode ser guardada em um pote de vidro e utilizar na próxima vez, aquecendo em banho maria.

Antes da receita caseira, é extremamente importante fazer o teste do toque aproximadamente 24 horas antes da depilação.

Passe uma quantidade pequena no corpo e observe se houve dentro 24 horas se houve algum desenvolvimento alérgico na região aplicada.

Como fazer cera depilatória caseiro com limão e açúcar

Ingredientes:

250g de açúcar;
50 ml de limão;
1 colher de chá de mel;

Modo de preparo

Numa panela, coloque o açúcar, o de limão e o mel. Quando estiver preparando a cera, não deixa a espuminha subir muito, desliga o fogo, quando abaixar  espuma liga de novo, repetindo esse processo 3x. 

Depois disso, coloque imediatamente em outro recipiente, aproveite que está quente e a cera não engrossou ainda.

Deixe uns 20 minutos esfriando. Antes de realizar a depilação, é importante também verificar a temperatura da cera, pois caso esteja muito quente, pode queimar a pele.

Material depilatório caseiro

Pode usar um palito de picolé como espátula e um TNT branco como papelote. Pra não gastar tanto TNT, depois que você usar, dobre ele no meio que dá pra você reutilizar do mesmo jeito.

Você reaproveita e não deixa de ser higiênico.

Se você tiver condições para ir um salão ou uma estética é realizado tudo rapidinho em 20/30 minutos, eu recomendo que você faça isso, porque pode demorar 2h30 pra concluir o procedimento todo, então é um processo demorado.

Como fazer depilação caseiro em si mesmo

Para fazer a depilação em casa, deve-se aplicar uma camada fina de cera morna no sentido de crescimento dos pelos usando uma espátula ou palito de picolé, e depois colocar o papel de depilação e retirar logo em seguida no sentido contrário ao do crescimento dos  pelos, rente ao corpo.

Para remover os vestigos de cera que podem ficar na pele, pode tentar tirar com o papel da depilação ou lavar a pele com água.

Após a depilação com cera, é indicado não expor a área ao sol e nem usar hidratantes ou desodorantes no mesmo dia, já que pode desencadear irritação local.

Como preparar a pele para depilação?

Antes de você fazer depilação é muito importante prepara a pele, para evitar drasticamente pelo encravado ou as bolinhas que incomodam a gente.

Esfoliação

Fazer esfoliação antes da depilação é um processo que deve ser realizado com intervalo dois dias de antecedência (você pretende realizar na quarta-feira a depilação, faça a esfoliação na segunda-feira).

É incorreto fazer uma esfoliação poucos minutos antes da depilação, pois a esfoliação traumatiza a pele, e você não vai querer agredir ainda mais com depilação, não é mesmo?

Então, é muito importante realizar uma esfoliação prévia.

Quando os pelos começarem a crescer, faça esfoliação pelo menos uma vez por semana para que eles consigam nascer sem nenhum problema.

Você terá o benefício da esfoliação evitando pelo encravado e uma renovação das células.

Higienização da pele

Para uma depilação correta  e segura é seguir a dica básica é preciso estar bem higienizado, pode ser usado um tônico ou sabonete para não ter risco de uma inflamação no local, como uma foliculite ou uma alergia.

Caso você faça em casa o processo depilação, é recomendado fazer após o banho, porque no banho agente já fez aquela higienização com água e sabão ou sabonete e aí você está livre de qualquer hidratante ou óleo… então a pele está perfeita para receber a depilação.